Objet dynamique vectoriel1.png
Sobre nós

Medotologia de Desenho

Nossa abordagem está ligada à corrente internacional da arquitetura orgânica, desenvolvida no início do século XX por nomes como Frank Lloyd Wright, Rudolf Steiner, Antoni Gaudi, Hugo Haering, Alvar Aalto, Hans Scharoun, entre outros.

 

Na arquitetura orgânica, todo edifício é visto como um organismo vivo. Cada parte deve refletir e expressar sua função específica, que emerge, naturalmente, do contexto no qual está inserida: lugar, ambiente social, cultura, época. Por isso, ao desenvolver um projeto, nosso objetivo é criar espaços capazes de transmitir o pulsar da existência e refletir a individualidade humana.

 

O design orgânico considera não apenas as necessidades físicas dos usuários, mas também aspectos psíquicos e espirituais. O processo criativo inclui estudos sobre a personalidade do cliente, a qualidade do local a ser construído e as perspectivas de desenvolvimento do ser humano que habitará o edifício em questão. O resultado disso é o bem-estar pleno de cada pessoa que mora, convive ou trabalha ali.

 

A arquitetura orgânica, como a concebemos, deve estar intrinsecamente vinculada às técnicas de bioconstrução. Priorizamos, portanto, o uso de materiais naturais, como madeira, bambu e terra, além da adoção de sistemas sustentáveis para a captação de água pluvial, saneamento ecológico e energia fotovoltaica. Tudo isso aliado aos princípios da arquitetura bioclimática, com ênfase na iluminação e ventilação naturais.

 

Assim, a combinação entre arquitetura orgânica e bioconstrução, aliada à tecnologia, resulta não só na redução do impacto ambiental, mas na criação de ambientes mais originais, saudáveis e inspiradores para os seres humanos.